Quinta-feira, 20 de Maio de 2004

Pensamento

foto19.jpg

Sem minimizar a coragem com que os homens têm morrido, não devemos esquecer aqueles actos de coragem com que os homens têm vivido. A coragem de viver é, muitas vezes, um espectáculo menos dramático do que a coragem de um momento final. Mas não é uma mistura menos magnífica de triunfo e tragédia. Um homem faz o que deve, apesar das consequências pessoais, apesar dos obstáculos, perigos e pressões - e essa é a base de toda a moral humana.

publicado por Hórus às 00:14
link do post
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.