Domingo, 16 de Maio de 2004

Alma perdida

alma.JPG

Toda esta noite o rouxinol chorou.
Gemeu, rezou, gritou perdidamente!
Alma de rouxinol, alma da gente
Tu és, talvez, alguém que se finou

Tu és, talvez um sonho que passou
que se fundiu na dor, suavemente
Talvez sejas a alma, a alma doente
D´alguém que quis amar e nunca amou

Toda a noite choraste, e eu chorei
Talvez porque, ao ouvir-te, adivinhei
Que ninguem é mais triste do que nós!

Contaste tanta coisa à noite calma
Que eu pensei que tu eras a minha alma
Que chorasse perdida em tua voz!

publicado por Hórus às 01:56
link do post
De Anónimo a 20 de Maio de 2004 às 21:07
Está muito lindo esse poema Horus..mais uma vez parabens... Horus os homens podem ate nem ser tds iguais mas eu tb pensava isso qd andava c o meu ex..foi uma desilusao mt forte e talvez o k eu tenha dito pudessem ser so meras palavras...talvez em 100% apenas 2% sejam diferentes e tu e o togotogo extao la incluidos..bem mas deixemos isso de lado..continua assim k teras recompensa:) bjs gandes migo****Lucy
(http://xlucy.blogs.sapo.pt)
(mailto:slbgirl_7@hotmail.com)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.