Quarta-feira, 12 de Maio de 2004

VALE MAIS PARECER DO QUE SER

caprice3.JPG

Uma rapariga que mora aqui perto de mim, meteu este anúncio no jornal:
Jovem de 25 anos licenciada em teatro, procura trabalho de preferência nessa área.Passadas 2 semanas teve 3 propostas onde exigiam: boa apresentação,medidas de manequim 86-60-86, bonitas,e com jeito para representação. Pois é, boa apresentação ela tem, quanto a medidas são mais 120-80-120 e de bonita ela não tem muito, quanto a experiência bate a escala de ter "só jeito para a representação". Resultado ela tentou, mas infelizmente não conseguiu ser aceite em nenhuma.O que me revolta nisto tudo é que ela tem mais que capacidade para representar! Infelizmente, vivemos numa sociedade onde o conceito de beleza e perfeição são cada vez mais um forte aliado para o sucesso profissional.
Pergunto eu: Desde quando é que se pode considerar a nossa sociedade evoluída???

HÓRUS

publicado por Hórus às 00:01
link do post
De Anónimo a 12 de Maio de 2004 às 17:26
Olá José...Olha realmente este assunto que retratas aqui dá muito pano para mangas, visto que as pessoas cada vez mais são tratadas com inferioridade quando não se encaixam nos parametros das beldades. A nivel de trabalho (do genero daquele que referes) dá-se muita importancia às bonitezas quando por vezes os feiotes tem qualidades raras e que nem sequer de perto são tão minimas como as dos que são muito lindos e não tem nada dentro da cabeçinha. As pessoas são discriminadas quando não se apresentam com as medidade de modelo e são muitas vezes excluidas de coisas onde nem sequer em sonhos deveriam ser postas de parte, como por exemplo até na procura de trabalho. Tenho pena de vivermos neste mundo onde as pessoas parecem ser cada vez mais mesquinhas em assuntos que deveriam passar completamente ao lado. Parabens, dou-te eu a ti de falares neste tema que entristece muita gente e que leva muita gente a fechar-se em copas por se sentirem inferiores aos outros por serem um pouco difrentes fisicamente. Por vezes são um espectaculo de pessoas mas os tristes vaidosos fazem-nas sentir mal. Infelizmente. Demonstras ser daqueles que dão valor a todos e não apenas aos belos e por isso tens todo o valor. Continua a pensar assim... A beleza é mãe da normalidade enquanto o feio é o Deus da qualidade. Já agora gostei muito da página. José, prometo que volto
:-P Um abração. Rui Dias
(http://ruiclaudiodias.com.sapo.pt)
(mailto:rui_claudio_dias@sapo.pt)


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.