Quarta-feira, 7 de Abril de 2004

NEUZA

sol-4.JPG

Tu és, talvez um sonho que passou, que se fundiu na dor, suavemente...
Talvez sejas a alma, a alma doente dalguém que eu quis amar . És a cinza de um amor que não existiu.Eras o símbolo de tudo quanto eu pensava,a luz de tudo quanto eu via, mas no fundo não passou de uma ilusão , de um amor que se esqueceu tão breve e que nem durou o frémito de um beijo...


HÓRUS

publicado por Hórus às 01:03
link do post | comentar
1 comentário:
De Anónimo a 7 de Abril de 2004 às 22:05
Enganamo-nos por vezes, e temos ilusões de coisas que não existem, mas duram muito pouco felizmente! JinhosMissLadyMystery
(http://mundodossonhos.blogs.sapo.pt)
(mailto:lovespellyou@portugalmail.pt)


Comentar post