Domingo, 12 de Fevereiro de 2006

Bravo Guerreiro

Guerreiro 2.JPG


Levanta-te!

A dor da injustiça,
abateu a tua força...

Agarra a vida com as duas mãos,
e enfrenta dragões e romanos,
como bravo e corajoso guerreiro.
Usa a tua fé como escudo,
e a coragem como espada.
A força irá emergir,
como lava expelida,
de um vulcão.
O brilho do teu olhar,
intenso como o sol,
iluminará as trevas,
e cegará os teus inimigos,
nesta pobre e imunda sociedade.

O teu acto será reconhecido,
por gentes
das cidades,
vilas, aldeias,
e além fronteira .
E o teu nome
e história,
gravados no panteão
nacional,
dos bravos,
e nobres,
guerreiros..

Hórus


publicado por Hórus às 13:43
link do post
De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2006 às 01:28
Obrigado pelo comentário, bravo guerreiro!
De facto,não posso, nem quero tocar no amor.
Embora, há muito que tenha afastado qualquer possibilidade de ser amada,
não posso deixar de sentir e de derramar o amor...
Que toda a tua vida seja sempre um óptimo dia de S.Valentim!Eu
(http://cantinhodemim.blogs.sapo.pt)
(mailto:meninamulher@sapo.pt)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.