Quinta-feira, 1 de Abril de 2004

O AMOR

TNjardins2-12.jpg

O ódio não pode destruir o ódio, mas o amor pode.Não o conceito frágil e negativo que tem tido esse nome e definido mal o sentimento, mas o amor que sofre todas as coisas, o amor que aceita responsabilidades, o amor que persiste, que sofre, o amor que sangra e morre por algo de grandioso, mas que de novo renasce.

Hórus

publicado por Hórus às 19:40
link do post | comentar
1 comentário:
De Anónimo a 1 de Abril de 2004 às 20:18
O amor pode tudo ... beijos***Lótus
(http://lotus1.blogs.sapo.pt)
(mailto:lotus__@msn.com)


Comentar post