Terça-feira, 31 de Janeiro de 2006

AVÔ

Mar.jpg

Lembras-te do meu nome,
Se eu te vir no céu ?
Serás o mesmo,
Se eu te vir no céu ?

Dás-me a mão
Se eu cair?
Sorris para mim
Se eu chorar ?

Quando a vida perder cor
desenhas -me o arco-iris,
numa tela azul ?
Quando a vida perder brilho,
pedes ás estrelas que brilhem,
iluminem o meu caminho.

A neve cai,
lá fora,
suave ,
doce,
como algodão,
e congela eternamente,
no meu coração
a tua paixão pela vida,
teu sorriso,
bondade,
humildade,
e o amor infinito,
que sentias por nós,
meu querido ,
e saudoso,
Avô.


Hórus

publicado por Hórus às 12:41
link do post | comentar
15 comentários:
De Anónimo a 4 de Fevereiro de 2006 às 15:22
É uma bonita homenagem...e decerto que ele se lembraria...bjinhsNytxia
(http://efervescencia.rocklicious.org)
(mailto:nytxia@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Fevereiro de 2006 às 21:15
Linda homenagem... Acabei de perder minha avó...
Bom.. Venha me visitar meu amigo !
BjãoAfrodite®
(http://www.tokdeseducao.blogger.com.br/index.html)
(mailto:tokdeseducao@ig.com.br)


De Anónimo a 3 de Fevereiro de 2006 às 08:11
Ainda tenho um avô, do qual gosto muito. Mas é da minha avó, que sinto saudades. Muitas mesmo... Daquelas do tamanho do mundo. Foi a pessoa mais bonita que algum dia conheci... Mulher, simples, corajosa, tranquila, justa, verdadeira, carinhosa, exigente... Tenho sorte! Ainda sinto muito a sua presença em mim!
Obrigado por este post! Existem pessoas que nos são importantes e que por vezes vão passando na vida sem que cuiddemos como deve ser delas.
bjsMoonLight
(http://atmoonlight.blogs.sapo.pt)
(mailto:moonlight@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Fevereiro de 2006 às 17:43
Tenho as melhores recodações dos meus 4 Avós que ainda conheci. Há uma relação espcial entre Avós e Netos. Tenho pena de não ser também Avó.
Bonita poesia a tua.Luisa
(http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt)
(mailto:luisa34@netcabo.pt)


De Anónimo a 2 de Fevereiro de 2006 às 15:17
Tb senti a partida do meu...mas já foi há mts anos.Guardo a sua lembrança, com mt carinho...rosa maria
(http://aflordapele455.blogspot.com)
(mailto:rosamaria455@hotmail.com)


De Anónimo a 2 de Fevereiro de 2006 às 12:37
Fiquei com um ligeiro nó na garganta, um aperto no coração. Mas as tuas palavras são demasiados bonitas e cheias de sentimentos. Um beijo na alma.Maggie
(http://undressmysoul.blogs.sapo.pt)
(mailto:undressed@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Fevereiro de 2006 às 23:11
Magnifico... uma bela homenagem, aqueles que perduram em nós... eternamente! beijinhosAran_aran
(http://capricornioemim.blogs.sapo.pt/)
(mailto:aran_aran@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Fevereiro de 2006 às 21:08
um beijo Hórus. Um beijo a ti.lyra
(http://abarcadelyra.blogspot.com)
(mailto:notasdelyra@gmail.com)


De Anónimo a 1 de Fevereiro de 2006 às 17:49
Adorei a homenagem ao teu avô! Com uma poesia cheia de simplicidade consegues tocar bem fundo nos nossos corações.Fazes lembrar-me do meu que tão boas recordações e ensinamentos me deixou para toda a vida!Beijinho grande!Jardim
</a>
(mailto:jardimsandra68@hotmail.com)


De Anónimo a 1 de Fevereiro de 2006 às 15:58
Onde quer que esteja, está certamente com um grande sorriso por continuar a receber todo esse carinho! Grande abraçoLaços...
(http://fly4you.blogs.sapo.pt)
(mailto:arquitectura@escala-urbana.pt)


Comentar post