Terça-feira, 31 de Janeiro de 2006

AVÔ

Mar.jpg

Lembras-te do meu nome,
Se eu te vir no céu ?
Serás o mesmo,
Se eu te vir no céu ?

Dás-me a mão
Se eu cair?
Sorris para mim
Se eu chorar ?

Quando a vida perder cor
desenhas -me o arco-iris,
numa tela azul ?
Quando a vida perder brilho,
pedes ás estrelas que brilhem,
iluminem o meu caminho.

A neve cai,
lá fora,
suave ,
doce,
como algodão,
e congela eternamente,
no meu coração
a tua paixão pela vida,
teu sorriso,
bondade,
humildade,
e o amor infinito,
que sentias por nós,
meu querido ,
e saudoso,
Avô.


Hórus

publicado por Hórus às 12:41
link do post | comentar
15 comentários:
De Anónimo a 31 de Janeiro de 2006 às 18:24
Bela homenagem a um homem que deixou imensa saudades por todo o lado por onde passou! Tinha um coração grande e amigo que tivesse era amigo para toda a vida e alguém com quem se podia contar em qualquer situação da vida! Que o digam os sobrinhos e outra rapaziada que vinda do Gerês ele acolheu na sua própria casa até arranjarem rumo certo nas suas próprias vidas! Estejas onde estiveres estarás para sempre nos nossos corações, grande Zé Pereira! Um abraço!Chafarica
</a>
(mailto:Chafarica_033@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Janeiro de 2006 às 18:18
Infelizmente não tenho qualquer lembrança de nenhum dos meus avôs. Naquela altura a morte chegava bem mais cedo e as fotos não me trazem nenhuma recordação pois nunca os conheci em vida! Os meus pais vieram para Lisboa,há 55 anos e nessa altura só a minha avó era viva...lembro-me dum episódio em que o meu pai ao observar uma andorinha morta sobre o muro do nosso quintal ficou imensamente triste e pensativo...Soube mais tarde que naquele mesmo dia a minha avó tinha caído nas escadas de acesso ao quintal na casa do Funchal e veio a falecer pouco depois...Um abraço dum futuro(?)avô...Carlos Perry
</a>
(mailto:carlosperry_645@msn.com)


De Anónimo a 31 de Janeiro de 2006 às 13:26
Bonita homenagem, sim senhor :) Um dos meus avôs não conheci seker...o outro morreu ha uns anos,mas morava longe. Tristes recordações ke guardo de um tempo perdido. beijinhosgala
(http://trocadeolhares.blogs.sapo.pt)
(mailto:gala.trocadeolhares@gmail.com)


De xana a 28 de Maio de 2006 às 01:14
Simplesment adorei!!!Estas palavras k li tao sentidas.. k m fazem pensar nakilo k j vvi e no k irei viver nakilo k eu gostava tanto de poder dzr s pessoas k amo e nao digo por vergonha ou por outro motivo kk,e dpois kd s perde uma pessoa importante na nossa vida,perguntamo-nos o pk d nc termos dito AMO-te ...


De Maga a 28 de Maio de 2006 às 13:58
Alto blog..... Acho que merecia ser mais comentado.... De uma « fã » Maga


Comentar post