Sábado, 21 de Janeiro de 2006

DOCE MAR

Mar.jpg


Lanço-me
ao mar,
sinto a água
terna e sensual,
a cobrir o meu corpo.
O perfume a maresia,
e o intenso azul,
floresce novamente
meu corpo e alma.
Saio radiante
cheio de doce espuma,
com sabor a sal.
Sento-me
em grãos de acuçar
amarelo,
fecho os olhos,
e aprecio
a sinfonia das ondas,
dirigidas pelo maestro
sol.
Na simplicidade
de tão belo momento,
solto do meu
pensamento,
sussurro
como é esplêndido,
e belo
o nosso
mar .

Hórus

publicado por Hórus às 19:44
link do post | comentar
38 comentários:
De Anónimo a 23 de Janeiro de 2006 às 17:22
Agora fizeste com que o meu pensamento viajasse até ás quentes e doces praias de Cabo Verde de tão boas memórias!Vejo-me a navegar no barco de pesca "Sôdade"pelo mar adentro ouvindo as histórias de ti Pedro, velho e experiente pescador na ilha do Fogo com uma perna marcada pelos dentes dum tubarão mas com uma alma transbordante de paz e amor! Era ele quem nos fornecia o peixe para o nosso PPM 8279/75! Com ele aprendi a amar e a respeitar o mar imenso qu nos faz regressar á tranquilidade do ventre da nossa mãe!Estejas onde estiveres obrigado, Ti Pedro!Para ti, meu filho, um grande abraço com a força e o carinho com que as ondas do mar beijam os areais feitos de sal e açúcar amarelo! Obrigado!!Carlos Perry
</a>
(mailto:carlosperry_645@msn.com)


De Anónimo a 22 de Janeiro de 2006 às 22:00
Muito Belo,
Uma bela fusão.
Grande Abraço,Jorge Moreira
(http://jorgemoreirashakti.blogspot.com/)
(mailto:shakti@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Janeiro de 2006 às 21:35
Simples, doce, envolvente...
Lindo...fica um beijorosa maria
(http://aflordapele455.blogspot.com)
(mailto:rosamaria455@hotmail.com)


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2006 às 23:08
As mulheres voam
como os anjos
Com as suas asas feitas
de cristal de rocha da memória


Disponiveis
para voar


soltas...


Primeiro
lentamente uma por uma


Depois,
iguais aos passaros


fundas...


Nadando,
juntas



Secreta a rasar o
chão


a rasar a fenda
da lua


ausência fatal
(http://ausenciafatal.blogs.sapo.pt)
(mailto:sofia_ribeiro21@hotmail.com)


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2006 às 23:04
é verdade faz-me sentir saúdade do mar, da água, sol... não falta nadinha. um grande abraçoruizocas
(http://bloguesfera.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ruizocas@hotmail.com)


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2006 às 22:59
Gostei dessa magnifica sintonia! ;) beijinhosAran_aran
(http://http//capricornioemim.blogs.sapo.pt/)
(mailto:aran_aran@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2006 às 22:25
Que mar tão belo... que tranquilidade... que vontade de mergulhar nele. bjsMoonLight
(http://atmoonlight.blogs.sapo.pt)
(mailto:moonlight@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2006 às 19:51
Mergulhei no azul desse momento, nesse mar de calmaria. Assim hoje, este teu mar foi nosso. BeijoMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:mantosilva@sapo.pt)


Comentar post