Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2006

ANJO NO PARAISO

vales encantados2.JPG


Encontrei-te..
Belo e imponente.
Parecias um anjo no paraiso.
Branco como a neve ,
o seu pêlo era sedoso e suave.
Pedi-te no silêncio do olhar,
se podias levar-me até casa,
começaste a curvetear,
como resposta positiva ao meu pedido.
Partimos então,
pelas brumas que cobrem tão misterioso,
e belo caminho.
Senti-me um principe de outras épocas.
Cavalgando por vales encantados,
avisto paisagens de tamanho encanto.
Para saciar a nossa sede,
estavamos repletos de fontes,
com águas cristalinas e frescas,
que descem pela montanha abaixo.
Perdi-me em tão belo sonho,
pois a natureza tem o dom,
de nos fazer acreditar ,
que a vida é bela.
Avistei por fim o meu destino,
e com uma lágrima no rosto,
despedi-me de ti.
Atravessei o arco-iris,
e esculpi eternamente,
no meu coração,
esta tão bela e mágica,
terra que eu amo,
de nome ,
Gerês.


Hórus

publicado por Hórus às 00:30
link do post | comentar
32 comentários:
De Anónimo a 21 de Janeiro de 2006 às 12:49
Atolado em pensamentos obscuros, submergindo gradualmente á força das areias movediças dos terrenos pantanosos da cidade, ergo os olhos para os céus e vislumbro um pequeno raio de luz! És tu que com o teu blog vai rompendo as brumas que se acumulam no meu espírito e me faz voar através da minha imaginação para esse espaço de comunhão com a Natureza, onde sempre que posso vou deleitar os meus olhos e encher o meu coração com a paz de que tanto necessito! Obrigado, amigo!Chafarica
</a>
(mailto:Chafarica_033@hotmail.com)


De Anónimo a 16 de Janeiro de 2006 às 14:14
Felicidade não está em momentos do passado; E nem atrás de portas que você vai abrir no futuro; Felicidade está aqui, agora, dentro do seu coração. Então use-a, use-a já.... deixe o seu eu brilhar através de um grande sorriso. Deixe a felicidade tomar conta de cada minuto da sua vida! Felicidade é um vício e o transformará num maníaco feliz. Felicidade é contagiante e se espalhará em pessoas à sua volta. Felicidade é vida... deixe-a fluir e apenas viva FELIZ!
Vim te desejar uma excelente semana.
Beijos Nylda
(http://nylda.blogs.sapo.pt/)
(mailto:nyldaju@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2006 às 18:44
Toda manhã quando abrires os olhos,
Diga a si mesmo que isso é especial.
Todo dia, todo minuto, todo suspiro
É realmente, um presente de Deus;
Por isso viva a cada momento intensamente.
Sorria sempre! Pois alguém pode estar
Precisando do seu sorriso.
A blz é o instante de eternidade
Q pressentimos nas coisas.
P/ se encontrar o caminho não
Importa onde se estiver, mas sim onde
Se quer chegar, o futuro pertence aqueles
Que acreditam na blz de seus sonhos!
Tenha um lindo dia!
MELLZINHA
(http://www.mellzinha.blogger.com.br)
(mailto:mellzinha@hotmail.com)


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2006 às 18:42
É belo o modo como viajas nos sonhos, como sentes, como sonhas.
Vou visitar o teu paraíso mais vezes...serve-me de guia.sandra nunes
(http://www.contagemdecrescente.blogs.sapo.pt)
(mailto:sandrablog@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2006 às 00:08
Olá! Estou tão contente por me teres deixado publicar o poema! Vou dizer a origem do mesmo,e fazer um link até aqui nesse post. Obrigada, bom fim-de-semana,bjs Nice
(http://nice.blogs.sapo.pt)
(mailto:ni.ce@mail.pt)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2006 às 23:06
pois bem... quando li a primeira palavra do teu poema, já sabia qual era a última. Só conheço um cavalo branco por aqui, deve ser esse.ruizocas
(http://bloguesfera.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ruizocas@hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2006 às 20:43
Comungaste com a Mãe Natureza...sim, no Gerês podemos experimentar essa mágica.
Os poderes escondidos entre os verdes e águas cristalinas, envolvem quem por lá passa...trouxeste parte da magia até nós.
Percebi a troca de energia, foi fantástico.
Obrigado, beijos carinhosos. Ana Paula
(http://biona.blogs.sapo.pt)
(mailto:a_p_m_1@hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2006 às 19:40
Como eu entendo as tuas palavras, os teus sentimentos e o teu amor pelo Gêres, pois eu partilho como tu as mesmas emoções perante a beleza incontestável e sem igual destas serras que eu conheço tão bem. São dificeis de encontrar palavras adequadas e justas para descrever a beleza de um dia de sol no inicio da primavera, em que os seus raios atravessam as folhas verdes e tenras das árvores dando-lhes um brilho quase angelical ao mesmo tempo que emana o cheiro a fresco da terra, e das plantas que florescem. Ao longo dos caminhos durante um passeio, podemos parar, beber e refrescarmo-nos com a agua fresca e tranparente que jorra das cascatas, e com sorte podemos ver ao longe grupos de "Garranos" que se alimentam livres dando mais vida, à vida que há no gêres!!
Gostei imenso deste post.
Um abraço.influências
(http://www.joaolomba.blogspot.com)
(mailto:joao_lomba@msn.com)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2006 às 18:36
Porque é que os anjos tem de ser brancos? Abraçocentro_da_gravidade
(http://pontadoicebergue.blogs.sapo.pt)
(mailto:centro_da_gravidade@hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2006 às 00:06
AMIZADE
É a fronteira mágica que nos une
Um lugar infinito de silêncio
Palavras,expressões e gestos...
As vezes sorri,outras chora...
Mas nunca morre!
Bom fim de semana para ti.
Beijos
Nylda
(http://nylda.blogs.sapo.pt/)
(mailto:nyldaju@sapo.pt)


Comentar post