Domingo, 11 de Dezembro de 2005

Destino

Destino1.JPG

A minha vontade moldará o meu futuro. Quer eu falhe, quer vença, não será obra de nenhuma clemência, mas minha.
Eu sou a força, posso eliminar qualquer obstáculo à minha frente ou perder-me na confusão.
A escolha é minha, a responsabilidade é minha, ganhar ou perder, só eu tenho a chave do meu destino.

Hórus

publicado por Hórus às 23:16
link do post
De Anónimo a 16 de Dezembro de 2005 às 13:31
não será o livre arbítrio apenas uma ilusão? Não será demasiado presunçoso da nossa parte pensar que poderemos alguma vez escolher, ir contra o que está determinado?
Por outro lado, porque haveriamos de nos desresponsabilizar desta forma? Apenas nós somos culpados pelos nossos actos.inanna
</a>
(mailto:rd1598@mail.pt)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.