Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2005

AO LUAR

AO LUAR.JPG

publicado por Hórus às 01:54
link do post
De Anónimo a 6 de Dezembro de 2005 às 12:33

De espinhos te falo,
porque colhi rosas
e abro tuas portas
porque tenho as chaves.
Se teu vento é bravo
e meu chão, de areias,
é forte o meu passo.

Tenho um violão
que clama nas noites,
certezas de ti
e o mundo incandeia,
traz luz a meu leste,
meu solo flameja,
e o teu se aquece.

Teu canto é eterno
e deita na terra
para eu te escutar.
Entre ondas e lavas
tua sombra escapa
mas deixa em conchas
cantigas de mar.

Contigo aprendi
sonos de dragões.
Sem fadas, duendes,
aprendi a crença
de tua magia,
e vivo encantada
com tua presença

oi o teuh blog ta mt fixe emsmo mt bem organizado e com ideias mt originais..deves continuar a postar nesse tipo de textos axo mt interessntes e as imagens tmb tao fixes
kd puderes passa plo meu..nao ta tao bom como o teu mas irei melhorar..http://magoadaporti.blogs.sapo.pt
fica bem bjux fxxsofia
(http://magoadaporti.blogs.sapo.pt)
(mailto:sofia_ribeiro21@hotmail.com)


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.