Sábado, 22 de Janeiro de 2005

O Desabafo da Alma

1.jpg


Quanto amor procurado
Quanto ódio recalcado
Quanta navegação sem rumo
Quanto incêndio sem fumo
Quanta ilusão apagada
Quanta palavra calada
Quanta felicidade perdida
Quanta ira contida

Quanta dor – também de alma
Quanta droga procurando calma
Quanta flor em mim renascida
Quanta pétala pelo vento varrida
Quanto sossego não encontrado
Quanta solidão apesar de acompanhado

Quanta falta de ternura e de carinho
Quanta tristeza diluída em vinho

Quanto conseguido – quanto perdido
Quanta luta – quanto esquecimento
Quanto desengano – quanto desalento
Quanto desejo de vida no momento certo
Quanto receio de uma morte a rondar o meu pensamento.


Hórus

publicado por Hórus às 00:12
link do post
De Anónimo a 22 de Janeiro de 2005 às 15:20
Felizmente que voltaste. Fazias falta no mundo dos blogs. Encara a vida com optimismo, luta pela tua felicidade.Tudo de bom para ti.power
(http://descascados.blogs.sapo.pt)
(mailto:power31@sapo.pt)


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.