Sábado, 20 de Novembro de 2004

VISÃO




A ideia de que estamos a suportar o insuportável é uma das coisas que me fazem continuar a lutar pelo sonho, que não passa actualmente disso mesmo, mas
é relativamente facil ter coragem quando nos confrontamos com um perigo tangivel. Porém maior coragem requer enfrentar o nebuloso, o incerto, o inominavel medo que assombra a minha alma inquieta em relação ao meu futuro.
Foi quando me apercebi, que enquanto caminhava, fiz a viagem da solidão para o isolamento.
E este é o mundo dos grandes e silenciosos herois que a nossa sociedade não soube reconhecer...

Hórus

publicado por Hórus às 03:49
link do post
De Anónimo a 23 de Novembro de 2004 às 17:49
"Yo tamben soi un fratelito perduto in el mundo del silencio e de la obscuridad! Necessito urgentemente duma palavra amiga como a que has dispensado a mi amigo Hórus! No quieres invitar-me a tomar um café ou um púcaro de chá? Me escusa yo te invito a tomares comigo uma chávena de chá de hortelã-pimenta no "Chá da Lapa"! Trata-se duma pequenita casa de chá na Rua da Lapa, mesmo ao lado da Rua das Janelas Verdes, precisamente ou lá perto onde Eça de Queirós situava o Ramalhete, a residência dos Maias. Poderemos visitar o Museu Nacional de Arte Antiga, passar pelo largo embelezado por um chafariz magnífico onde uma Vénus e um Cupido murmuram segredos desde 1775! Quem sabe se para lá da amizade o Cuoido não nos atravessará com a seta do Amor! Se aceitas envia-me um email! Fico á espera até...2005!Arcanjo
</a>
(mailto:gabriel_112@msn.com)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.