Terça-feira, 5 de Outubro de 2004

O SABER VIVER

Foto1.JPG

Cresce com o sofrimento

sofre com a dor

sente o sentimento

que o impede de ser pecador.

HÓRUS

publicado por Hórus às 23:48
link do post | comentar
26 comentários:
De Anónimo a 7 de Outubro de 2004 às 18:06
Bem, menino o teu blog está fantástico e ainda por cima com a colaboração de uma pessoa tão ilustre como a do nosso professor! Embora ele nem sempre dissesse coisas acertadas era no mínimo uma presença divertida que me fazia sintonizar os noticiários da TVI! Vou sofrer muito com a sua ausência mas se é verdade que ele vai plantar couves no programa da Júlia Pinheiro vou passar a ser assídua telespectadora do mesmo!Beijinhos da foz do Douro e continua singrando por esse mar pois o bom porto já se avista no limiar do teu horizonte com muito amor e amizade!Ana
</a>
(mailto:anaprincipe@hotmail.com)


De Anónimo a 7 de Outubro de 2004 às 17:56
Pensavam que já se tinham vistos livres de mim!? Pois cá estou eu de novo! Aproveitei um pequeno intervalo das minhas aulas e fui dar um pequeno passeio ao...Terreiro do Paço! Aqui não posso criticar nada mais senão os atrasos nas obras do Metro que não nos deixam vislumbrar o vai vem constante dos cacilheiros...O terreiro foi bem entregue aos peões e a exposição " O Mundo visto do ar está soberba e deveras interessante! Recomendo vivamente a sua visita! mas... conte no mínimo com uma hora para observar detalhadamente todas as fotos ali expostas! Depois descanse na esplanada e veja o pôr do Sol! Um espectáculo magnífico em pleno mês de Outubro! Agora vou fazer a minha viagem de exílio...para a Quinta! Um abraçoMarcelo Mastroiani
</a>
(mailto:marcelo_2004@iol.pt)


De Anónimo a 7 de Outubro de 2004 às 15:05
Ah! Já me esquecia de te dizer!Aceitei, pois então!? Já mandei as minhas 80 malas com livros de autores diversos!...Vou começar pelas cantigas de escárnio e maldizer para o governo ver como as melgas do campo também mordem!Vou ser o próximo capataz e vou pôr o pessoal cá da quinta a fazer comentários de hora a hora!Eu vou estar muito caladinho a regar as alfaces enquanto os meus camaradas vão lançar os tomates ao governo do faz de conta! Adeus, um abraço e até breve!Prof. Marcelo
</a>
(mailto:marcelo_2004@iol.pt)


De Anónimo a 7 de Outubro de 2004 às 14:57
Ora cá estou eu de novo! Isto não me sai do sangue e se eu não falo rebento!Vou-te dar uma notícia de última hora! O patrão da Media Capital deu-me a oprtunidade singular de ingressar de imediato na Quinta das celebridades tendo como meu porta-voz o conde do White Castle!Agora vão ter de me ouvir todas as noites durante três meses! E eu que adoro a vida no campo!Prof. Marcelo
</a>
(mailto:marcelo_2004@iol.pt)


De Anónimo a 7 de Outubro de 2004 às 14:50
Caro José, agora que deixei de poder comentar a vida política portuguesa não resisto a continuar com as minhas "conversas em família"!Como podes calcular a minha dor é imensa e o meu sofrimento mais intenso do que ninguém! Assim passei por aqui para te deixar um abraço de solidariedade e de agradecimento pelas tuas palavras de amizade1 Obrigado!Prof. Marcelo
</a>
(mailto:marcelo_2004@iol.pt)


De Anónimo a 7 de Outubro de 2004 às 12:59
Esta imagem fala de solidão e a solidão faz-nos sofrer por estarmos longe de quem amamos...No meu caso estou a estudar nos EUA e passados que são 3 meses é esse sentimento que me faz sofrer mais. No entanto tenho conseguido ultrapassar muitas mais barreiras que são inerentes a quem está no estrangeiro e só as amizades que por aqui tenho conseguido é que me fazem atenuar os sentimentos negativos. Para se conseguir algo de positivo na vida há que lutar muito, ter confiança em si próprio e ter muita fé para se conseguir alcançar os nossos objectivos! Ah! e também um pouco de sorte! Espero que também tu consigas alcançar aquilo que mais desejas! Felicidades!Jorge
</a>
(mailto:jorgebento@netcabo.pt)


De Anónimo a 6 de Outubro de 2004 às 19:20
Eu também tenho sofrido muito! Desde muito nova que fiquei sem mãe e como o meu pai era muito pobre conseguiu internar-me num colégio interno de freiras! Aqui sofri imenso poi não há amor e carinho como o dos nossos pais!No entanto esta vida de sofrimento e muita disciplina veio a marcar-me muito no decorrer de toda a minha vida! Consegui depois duma vida de muitos sacrifícios e privações chegar agora a uma situação de bem estar que outrora mal conseguia imaginar ser algum dia capaz de alcançar! Sou feliz com o meu marido e tenho muito orgulho na filha que procurei criar sempre dentro do mesmo espírito de disciplina e de muito trabalho para conseguir chegar onde já chegou! A felicidade tem um preço muito alto e por isso não é fácil de ser alcançada!Palmira
</a>
(mailto:palmiranabais@hotmail.com)


De Anónimo a 6 de Outubro de 2004 às 18:48
Tenho sofrido imenso com a precária saúde da minha mãe desde há algus anos a esta parte e sei bem na carne o significado deste teu pequeno poema...Já não tenho pai e como podes ver pelo meu apelido a côr da minha pele já me tem trazido diversos dissabores e confusões que até já me deixaram algumas marcas físicas mas as piores são as marcas morais que ficam martelando no meu espírito e me fazem passar algumas noites de insónia e desespero! Sei no entanto que não posso enveredar por este caminho, pois ele só nos leva á auto destruição!Portanto,amigo coragem e perseverança para seguires em frente no teu destino!conguito
</a>
(mailto:ct2hq@hotmail.com)


De Anónimo a 6 de Outubro de 2004 às 18:23
Para mim vai ser a primeira vez que vou comentar um blog!Espero não te decepcionar...Ao contrário do endereço do meu email não sou assim tão louco como possa parecer parecer á primeira vez!Não tenho ainda paciência para criar o meu próprio blog mas quando tiver a minha vida mais assente já sei a quem pedir uns conselhos...Gostei imenso da música embora calma está muita fixe e condizente com o espírito da coisa que tu queres transmitir ao pessoal! Na minha curta vida já tenho tido alguns sofrimentos mas por enquanto só penso em pecar!!! Ainda bem que não és meu confessor porque não iria conseguir acabar hoje o meu comentário!! Vá, um abraço vive a vida meu porque amanhã não sabes se cá estarás!César Henrique
</a>
(mailto:maluko_radical@hotmail.com)


De Anónimo a 6 de Outubro de 2004 às 18:22
SAber viver é saber amar...

http://analfabetosexual.blogs.sapo.pt/Mustapha
(http://analfabetosexual.blogs.sapo.pt/)
(mailto:analfabeto_sexual@sapo.pt)


Comentar post