Terça-feira, 21 de Março de 2006

Pai

Pai.JPG

Pai

A vida tem sido ingrata contigo.
Foram muitos os maus momentos
que tu meu querido pai
sofreste no silêncio
da noite.

És um príncipe lutador
que ergues a cabeça
depois de uma dura batalha.
Dás a conhecer a todas as pessoas
sublimes e nobres
sentimentos
que só tu preservas
meu honroso pai.

És a nossa fonte de sabedoria
o nosso protector
que mimas e alegras
os nossos corações
com belas ,
e delicadas palavras.

O brilho do teu olhar
ilumina o nosso caminho,
teu sorriso transmite
alegria e cor à nossa vida,
e o teu amor,
guardado eternamente
nos nossos
corações.


Hórus

publicado por Hórus às 23:14
link do post
De Anónimo a 25 de Março de 2006 às 22:43
Qye eu sou de lágrima fácil, isso é um facto. Mas este teu texto fez deslizar pela minha cara umas lagriminhas...não leves a mal e peço que entendas, mas quase senti inveja de ler o sentimento sublime que te une ao teu pai...eu não sei o que é isso vou morrer sem saber, e até ele vai morrer sem saber o que é escrever a dor de não o ter. Mas a vida é isso mesmo...há que ir vivendo. Um beijo imenso...até breve *oteudoceolhar
(http://oteudoceolhar.blogs.sapo.pt)
(mailto:joanstar@sapo.pt)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.