Domingo, 29 de Agosto de 2004

GERÊS

Nevoeiro1.JPG

Quando te sonho
o horizonte não tem limites
O arco-iris é uma ponte colorida
que me leva até ti

Aprendemos a voar, com asas de borboleta
e a escutar o som do silêncio
Aprendemos a tocar
uma sinfonia a quatro mãos.

Por seres belo e puro
Dás-me força e vitalidade
para imaginar o quanto
é bom viver ao pé de ti

Hórus


publicado por Hórus às 17:51
link do post | comentar
6 comentários:
De Anónimo a 16 de Setembro de 2004 às 12:09
Há muito que não visitava este blog e fiquei deveras surpreendido com a sua qualidade! Tenho estado de semi-férias...Bastante mais cansativo do que se estivesse a trabalhar. A minha mãe já está melhor e sairá talvez sexta do Amadora-Sintra. Já conheci dezenas de colegas da enfermaria onde está internada! Quem me dera estar no paraíso do Gerês, com toda a família de saúde e sem outros problemas que me tem afligido bastante!! Talvez no próximo Verão estejamos todos reunidos! Nessa altura já caminharás com a tua princesa ate ao Fojo do Lobo e subirás a uma dos muitos penedos ali existentes onde abraçados, trocarão promessas de amor eterno, tendo apenas como testemunhas aquela paisagem maravilhosa! Sê Feliz que bem o mereces!!Chafarica
</a>
(mailto:chafarica_033@hotmail.com)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2004 às 00:17
Estive a falar com a Natalia! Disse-me que lhe tinhas prometido escrever um texto para ela...Passou-te malandreco! Parece impossível como este blog tem sido pouco visitado! Tenho visto alguns que não tem nem estética nem conteúdo! Mas para tudo há gostos! Realmente o Gerês tem algo que nunca nos cansa quer faça sol quer faça chuva como aconteceu este ano em Agosto!Espero que tenhas sorte com a tua princesa do Rio Caldo!!Carlos
</a>
(mailto:carlosperry_645@msn.com)


De Anónimo a 12 de Setembro de 2004 às 22:27
É urgente ouvir o silêncio e que sítio com mais magia do que a serra do Gerês! Cada um terá o seu sítio preferido, a sua montanha, o seu jardim preferido a sua praia predilecta, mas terá que ser um local bem afastado desta espécie de civilização para em contacto com a Natureza e com Deus podermos ouvir-nos a nós próprios e através Dele podermos estarmos bem com os outros!
Sentado, numa rocha situada junto ao Fojo do Lobo e bem lá no cimo...lado a lado com os meus dois cães meditei um pouco e vi que o simples facto de poder estar ali naquele momento a usufruir daquela paisagem era algo de tão gratificante e que ao mesmo tempo me esmagava, tal a grandiosidade da paisagem que me rodeava!
Quantas vidas por ali passaram no decorrer dos vários séculos!! A minha era apenas mais uma...Há que aproveitá-la da melhor forma! Obrigado meu Deus!!Sardinha
</a>
(mailto:sardinha_1952@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Agosto de 2004 às 00:40
E viver assim... é saber!
luisa
(http://barbaraciliano.blogspot.com)
(mailto:barbaraciliano@hotmail.com)


De Anónimo a 30 de Agosto de 2004 às 17:51
Ola migo :O) ainda agora veio de lá e já quer de novo ir para lá. Sabes que por vezes existem escolhas ireverssíveis e que não podes voltar atrás, mas se é aquilo que te faz sentir bem, foge daqui deste sitio de gente mesquinha e ordinária e vem para junto de quem amas! 1 abraço amigo e sê feliz :O)Hijo De La Luna
(http://hijodelaluna.blogs.sapo.pt)
(mailto:hijo_de_la_luna@hotmail.com)


De Anónimo a 29 de Agosto de 2004 às 21:53
Olá miudo... Aqui estas tu a louvar aos céus aquele Gerês que tanto adoras... Sentes-te um princípe dentro das suas muralhas quando estas perto deste teu mundo do norte... Pelos vistos todos os caminhos te levam até lá... até o caminho do sonho e da imaginação...Tiegas
(http://naturalezamuerta.blogs.sapo.pt)
(mailto:rui_claudio_dias@sapo.pt)


Comentar post